Onde anunciar na Internet

O telefone toca. Você atende. A pessoa do outro lado se apresenta e, após massagear o seu ego (falando bem da sua empresa), emenda a seguinte frase:

- Eu queria marcar uma reunião para falar sobre a oportunidade de anunciar a sua empresa na nossa revista, que é distribuída para não-sei-quantas mil pessoas;

Se você trocar “revista” por “jornal”, “informativo” ou qualquer outra mídia e trocar “pessoas” por “condomínios”, “empresas” ou qualquer outro elemento que chame mais a atenção, deve conseguir englobar aí 90% dos discursos de todos os que vendem espaço publicitário.

Vai me dizer que você nunca recebeu uma ligação assim? Eu recebi algumas… Agora, diferenciar o que trará resultado do que não trará é outra estória!

E na Internet? Quais são os melhores lugares para anunciar?

Particularmente, eu prefiro (e recomendo) a produção de conteúdo à pura e simples ação de “anunciar”, mas se você prefere comprar espaço publicitário, aqui vão algumas sugestões:

1. Caso a sua empresa disponha de recursos suficientes, opte por conduzir uma boa campanha de Links Patrocinados no Google, através do Google AdWords;

2. Outra possibilidade: digite, no Google, as mesmas palavras-chave que os seus clientes em potencial usariam para encontrar você, seu negócio ou seus produtos e serviços (por exemplo, “clinica estetica Vila Olimpia” ou “controle da acne”) e observe os resultados. Atenção aos primeiros resultados que não sejam links patrocinados porque eles te darão ideias sobre onde anunciar!

No caso do exemplo da clínica estética, se entre os resultados houvesse blogs de beleza, você poderia contactar as blogueiras (ou blogueiros) e comprar espaço publicitário ou artigos patrocinados nos blogs.

Se entre os resultados houvesse sites de anúncios, você poderia contratar os serviços desses sites e usá-los para fazer propaganda da sua empresa.

Não se esqueça dos pontos mais importantes!

A. Meça os resultados por tempo suficiente

No mínimo, tenha o Google Analytics no seu site e pergunte, aos seus novos clientes, como eles ficaram sabendo da sua empresa ou de você.

B. Mude, quando os resultados não forem satisfatórios

Isso pode parecer óbvio, mas não é o que acontece na prática. Na prática, nós (pessoas) tempos certa aversão a mudanças.

Por exemplo, já conheci proprietários que gastavam rios de dinheiro anunciando em revistas que não trouxeram resultado nenhum durante anos, de acordo com esses mesmos proprietários, mas que relutavam em começar uma campanha de links patrocinados no Google, se fosse para gastarem R$ 500,00/mês.

 

E você, qual é o seu caso? Qual é a área de atuação da sua empresa e onde você costuma anunciar? Tem medido e acompanhado os resultados?

Leia também:

Daniel Henrique Alves Lima

Atualmente, dedico-me a ajudar pequenas empresas a começarem na Internet ou a melhorarem sua presença na web, através de seus sites e blogs, construindo uma boa e reputação online. Esta servirá para se aproximarem de seus clientes atuais e para alcançarem novos clientes, gerando mais negócios.

Saiba mais sobre mim no site da Onbiz ou acessando meu blog pessoal.

Mais posts

Siga-me:twitterlinkedin

1 comentário

  1. Excelente post!
    É importante ressaltar que as ferramentas virtuais só são satisfatórias se utilizadas cada qual para a sua devida função… A empresa precisa, portanto, ter ciência de que objetivo possui dentro da web para, então, estabelecer um plano de marketing para ferramenta x ou y de modo a obter sucesso!

Deixe um comentário


2 + = dez