Sua marca está preparada para a Internet? Teste-a agora!

Teclado com marca registrada

A Internet está recheada de artigos sobre como escolher um bom nome ou uma boa marca para sua empresa, seus serviços, seus produtos ou mesmo sua marca pessoal. As dicas vão desde usar nomes únicos, curtos, fáceis de falar, de escrever e de lembrar, até criar uma boa representação gráfica (logotipo) para a marca.

No entanto, já lhe ocorreu considerar a própria Internet e seu efeito na escolha desse nome? Poucos artigos tratam desse assunto especificamente. Não importa se você usará a Internet agora ou daqui a alguns anos, para divulgar sua empresa ou para vender seus produtos, você tem que pensar já no efeito do aumento de publicidade! Com a Internet, seu negócio poderá atingir visibilidade regional e, em alguns casos, nacional ou mundial!

Lembre-se de que o alcance/visibilidade de seu negócio deixará de se limitar exclusivamente à cidade na qual ele se encontra (ou seja, não terá mais só alcance local) e que, justamente por isso, você precisa estar atento a certos “detalhes” ao escolher sua marca. Para lhe auxiliar nessa tarefa, seguem-se algumas verificações de simples execução:

1. Use o Google

Ou sua ferramenta de busca predileta, como o Yahoo ou o Bing, e procure por websites ou notícias de empresas ou produtos que já usem o nome que você escolheu.

No caso do Google, você pode empregar aspas, para uma busca exata, como em “minha nova marca” ou restringir a busca a sites nacionais apenas, usando site:br. Quer aprender a refinar sua pesquisa no Google? Então acesse http://www.google.com.br/intl/pt-BR/help/refinesearch.html.

2. Consulte a Junta Comercial do seu Estado

Sabe se existem outras empresas com Razão Social ou Nome Fantasia similares aos da sua empresa? Muitas usam parte da Razão Social como Nome Fantasia ou Marca e há chances de outras empresas (inclusive concorrentes) já usarem o nome que você escolheu. Pode ser até que já tenham registrado a marca ou o domínio de Internet!

Para empresas no Estado de São Paulo, a consulta pelo nome empresarial pode ser feita através do website da Jucesp: http://www.jucesp.fazenda.sp.gov.br/.

3. Consulte o INPI

O INPI (Instituto Nacional de Propriedade Industrial) é a entidade responsável pelo registro de marcas em todo território nacional. Se outra empresa já tiver a marca registrada e atuar no mesmo ramo que a sua, você poderá ficar em maus lençóis caso opte por usar essa marca. Ah, vale lembrar que ter feito o depósito para obter o registro da marca é diferente de já ter a marca registrada!

Para consultar se determinada marca está registrada no INPI, acesse https://gru.inpi.gov.br/pPI/jsp/marcas/Pesquisa_classe_basica.jsp.

4. Consulte o Registro.br

O domínio de Internet contendo a sua marca está disponível? Não sabe o que é isso? Então leia o artigo sobre a importância de ter um domínio na Internet.

Para consultar o registro.br, acesse http://www.registro.br/.

5. Consulte algum serviço de verificação de disponibilidade de nomes em redes sociais

Apesar de a indisponibilidade do nome exato não ser um impeditivo, é sempre uma boa prática usar o mesmo nome/marca em todas as redes sociais.

Para saber se o nome escolhido ainda está disponível e em quais redes, acesse http://namechk.com/.

Registrou o seu domínio de Internet e quer saber quais são os próximos passos para ter o website, blog personalizado ou loja virtual da sua empresa? Fale conosco!

 

Leia também:

Daniel Henrique Alves Lima

Atualmente, dedico-me a ajudar pequenas empresas a começarem na Internet ou a melhorarem sua presença na web, através de seus sites e blogs, construindo uma boa e reputação online. Esta servirá para se aproximarem de seus clientes atuais e para alcançarem novos clientes, gerando mais negócios.

Saiba mais sobre mim no site da Onbiz ou acessando meu blog pessoal.

Mais posts

Siga-me:twitterlinkedin

Nenhum comentário

Deixe um comentário


+ sete = 13